segunda-feira, setembro 15, 2008

Balanço da época 2008

Pois é amigos e mais  uma época findou, foi longa e dura, das mais duras que a banda já fez.

A nossa Banda esteve como sempre ao melhor nível e elevou o nome da nossa associação e da nossa freguesia. como sempre há coisa boas e coisas más e o próprio cansaço de uma época desgastante leva a que ás vezes se digam ou façam coisas menos positivas.

Fizemos uma época excelente com muitos e bons serviços em que todos contribuímos, uns mais que outros, mas cada um á sua maneira trabalhou em prol do bom nome da nossa Banda.  Aproveito para deixar aqui uma palavra de grande apreço ás pessoas que trabalharam com a banda este ano, ao Brandão, grande musico e grande chefe de naipe; ao Sr. Abílio que era um dos nosso, vivia a Banda com se fosse natural de Antas e ontem demonstrou-o, fiquei muito sensibilizado ontem com a despedida, sem palavras; ao Alves o agradecimento pelos momentos cómicos; ao Sr. João e ao Silvestre o muito obrigado pelo contributo em prol da nossa Associação. A vida é assim e sei que continuaram a ser nossos amigos.

Aproveito para deixar também um agradecimento á direcção pelo trabalho que fez para que a época corresse da melhor maneira e pelo trabalho que continua a desenvolver para que a Banda cresça de dia para dia.

Agradecer também ao maestro pelo trabalho que desenvolveu ao nível musical durante a época para que a Banda estivesse sempre á altura dos eventos e festividades em que a banda participou.

Por fim, os mais importantes,  os músicos da nossa Banda, porque esses sim são autentico guerreiros, a quem muitas vezes não se dá o devido reconhecimento e carinho a esses que deixam as famílias para representar a Banda. Sem nós a Banda não existia. Somos nós a essência da Banda e temos que continuar a lutar pela Banda.

Faço daqui um pedido á nossa amiga Manuela Cunha para não nos deixar, porque tu és uma das pessoas mais importantes e válidas desta associação, descansa e pondera essa decisão.

5 comentários:

Manuela Cunha disse...

E muito mais haveria para dizer, valorizar, criticar, enaltecer, ponderar, reforçar e agradecer.
Fazer parte deste tipo de associações é muito mais que desempenharmos o nosso papel de músicos, é também o de amigos, o de críticos, o de trabalhadores, o de responsáveis, o de pessoas empenhadas para fazermos com que as Associações, sejam elas culturais, ou outras, cresçam, evoluam e sigam mais além.
Sempre foi e sempre será para mim um orgulho pertencer à Banda de Música de Antas. Isto, independentemente de abandonar este projecto. A Banda ocupará sempre um lugar no nosso coração e quando digo a Banda digo as diversas direcções, o Maestro, os professores, os amigos, os colegas, os conhecidos, os que vêm e os que vão. Poderemos deixar de fazer parte deste grupo mas iremos ter sempre uma parte de nós neste grupo que sempre fez parte de nós. Entrei para a Banda já lá vão 13 ou 14 anos, aqui cresci, passei as paranóias da adolescência, ri-me, diverti-me, fiz amigos, perdi outros, chorei, diverti-me, impus metas e objectivos, vi na Banda uma família, um hobbie e um escape que mais nada me podia oferecer e aproveitei o melhor que a música me podia oferecer.É claro que ao longo deste tempo todo a Motivação não é sempre a mesma, deixamos de nos identificar com ceretas e determinadas situações e os propósitos da nossa existência em determinado grupo vão desvanecendo e necessitamos de fazer outras coisas, de seguir outro rumo, de tomar novas decisões, de mudarmos. Mudança...essa é uma peça fundamental para que as organizações tenham sucesso. E, acima de tudo, adaptarmo-nos à mudança e sabermos evoluir. E a nossa BANDA também não pode descurar esta parte. Mais do que ninguém a Direcção, o Maestro e os músicos devem querer essa mudança positiva e saber construí-la a nosso favor...
Subscrevo as tuas palavras relativamente aos músicos que nos deixaram, ao trabalho do Maestro e da Direcção. Aliás, deixo uma palavra de especial apreço ao Zé porque assumiu a presidência com a relutância já conhecida da sitaução em questão, mas tem demonstrado ser um dos presidentes mais preocupados com a Associação, com os músicos, com o bem-estar de todos e, acima de tudo, com a postura da Banda. Ao Mário, também pela presença constante...AO nível da organização e da gestão onde não existirem regras e a mínima organização não há grupo, coesão e trabalho de equipa.
Agradeço à BANDA todos estes anos, às pessoas que conheci através dela, aos bons momentos que aqui passei. Nunca poderei dissociar esta Assocação da minha vida, do que sou e do que aprendi.
Para todos quantos não tenha sido a melhor colega da Banda, ao Maestro pelas minhas "bocas" incontroláveis, ao presidente idem aspas, para todos quantos possa não ter sido o mais correcta possível e intolerante, as minhas desculpas e quero que saibam que sempre reconheço as minhas limitações e os meus defeitos. E por não sermos perfeitos é que exigimos que os outros o sejam. É assim neste meio e em outros.
De qualquer modo, viva a MÚSICA e a NOSSA BANDA e um bem hajam a todos por esta época musical!!

rui lindinho disse...

parabem pelax palavas temos de tumar uma atitude.
nao pudemos deixar que as pesouas mais importates da banda saiam.
temos de tumar uma atitude

Luis Pires disse...

Ola amigos da banda, músicos,maestro e direcção da banda.Vou deixar também umas palavras porque acho que todos deviamos deixar a nossa opinião.
Penso que tivemos uma época bastante boa e por isso deixo os meus parabens a toda a banda.
Gostava de deixar uma palavra as pessoas que vão sair da banda de livre vontade para se sentarem um pouquinho no sofá para reflectirem sobre o assunto pois todas elas são muito importantes para a banda e a banda precisa de todas elas e de todos nós.Mas com tudo isto quero dizer que sinto muito orgulho na associação que pertenço e que tenho também muito gosto e orgulho nos meus colegas músicos pois sem eles esta associação não fazia sentido...até ao próximo ensaio e que venhamos todos com vontade de fazer excelentes ensaios e como diz a nossa nela VIVA A MÚSICA E VIVA A BANDA...(desde já peço desculpa por algum erro mas o meu português não tá nas melhores condições)

Anónimo disse...

Olá a todos!!
Tenho a dizer que gostei desta época, do companheirismo, do maestro e direcção, penso que não me esqueci de ninguém :)
O que tenho mais a dizer??
Na minha opinião, o reportório deveria ser diversificado (mais ligeiros - música animada);P
Espero que o próximo ano corra ainda melhor que este e que seja um sucesso :)
Felicidades e boas férias!!

Beijinhos da Ilda (fagote)

Anónimo disse...

ola malta, depois de ler todos os vossos comentarios já começo a sentir saudades das festas...
Sobre esta época, penso que a banda esteve muito bem, com muito boa musica, e ao nivel de todas as bandas com quem tocamos...
quero tabem deixar os meus agradecimentos ao Zé (presidente) e ao maestro Sequeira que penso que penso que são duas pessoas que tem realmente levado muito bem o seu papel á frente desta associação. Sempre muito preocupados com que tudo corra bem, com o bem estar da banda, e que o publico ou as comissões de festas fiquem contentes com o serviço prestado.
Um agradecimento tambem ao Mário, pelo seu desempenho durante toda a época e tambem ao vitor, que para alem da sua profissão tentou sempre prestar os seus serviços á banda.
E agora como é claro, o meu agradecimento a todos nós, musicos, pela boa musica que fizemos, pelas boas asneiras que cometemos e por todo o trabalho por nós desempenhado para que a época corresse bem.
Para todos os musicos que vão abandonar a associação, desejo-lhes as maiores felicidades nas suas vidas futuras. Tudo de bom malta! :-P
Da minha parte, peço desculpa por algo que tenha estado menos bem e prometo melhorar para o ano.
muito obrigado a todos, e vamos lutar para que o próximo ano seja ainda melhor que este!

um abraço:

Ferreirinha :-P